Ingredientes Notas

Comida Independente lança mercado de produtores (com programação) na Praça de São Paulo

Durante o confinamento, Rita Santos e a sua equipa da Comida Independente lançaram um serviço de entregas de produtos em casa. Mais do que um negócio, foi uma acção importante para manter o contacto entre a comunidade de consumidores (os seus clientes habituais e ocasionais) e produtores/fornecedores, algo que desde o início faz parte do propósito da sua loja de “grandes produtos de pequenos produtores”, em Santos (Lisboa).

Com o regresso a uma certa normalidade, os pedidos de entregas ao domicílio baixaram, e achando que já tinha cumprido o seu papel, Rita parou com o serviço. Porém, as solicitações para que retomasse continuavam a surgir e embora não quisesse voltar ao mesmo modelo, começou a ponderar uma outra forma de ligar uns e outros. Daí nasceu a ideia de criar um mercado de produtores nas proximidades da loja. Porém, nenhum local nas vizinhanças reunia as condições mínimas, até que a Junta de Freguesia da Misericórdia lhe propôs a Praça de São Paulo, próximo do Cais do Sodré e do Mercado da Ribeira.

Um mercado ao ar livre de produtores não é propriamente uma novidade, em Lisboa, onde existem, por exemplo, os mercados biológicos do Príncipe Real, Campo Pequeno, Lumiar e Parque das Nações. Mesmo sabendo que os produtores com que habitualmente trabalha não costumam estar presente nestes locais, Rita e a sua equipa definiram um conceito e uma programação, de forma a atrair público da zona (e não só) e também de modo a diferenciarem-se dos demais.

Assim, nasce então da parceria entre A Comida Independente e a  Junta  de  Freguesia  da Misericórdia, o Mercado de Produtores na Praça de São Paulo, todos os Sábados das 10h às 16h. Para já estão previstas oito datas, entre 31 de Outubro e 19 de Dezembro. Se todas as partes estiverem satisfeitas avaliarão na altura a hipótese de prolongar, ou retomar mais tarde a actividade

O mercado fará uma aposta nos produtos de época e terá alguns produtores fixos, como é o caso dos horto-frutícolas, presentes em todas as sessões. Outros são convidados e estarão presentes apenas num dos Sábados, “seja por virem de outras regiões do país, seja pela especificidade do produto”, como nos explicou Rita Santos.

Em cada sessão de mercado haverá um vegetal de época como tema e um cozinheiro para confeccionar um prato “street food baseado neste produto”. A inaugurar o mercado, já no próximo Sábado, estará João Rodrigues, que além de chefe do restaurante Feitoria e do Rossio Gastrobar,  é  mentor  do  Projecto  Matéria,  que, como refere Rita Santos,  “documenta  a produção de grande identidade em Portugal”.

O Chef que se tem destacado nos últimos anos do prémios do Mesa Marcada, fará um petisco com abóbora, do Vale das Dúvidas, próximo da Vidigueira (Alentejo), um produtor que tem abordagem holística e regenerativa na sua horta, onde produz uma grande variedade de vegetais adaptados ao clima da região e que se tem destacado nos últimos anos ao fornecer alguns dos restaurantes de referência do país.

Em jeito de conclusão Rita Santos fala-nos um pouco do seu propósito para este mercado, bem como das escolhas para esta primeira sessão: “Pretendemos ajudar a manter esta pequena economia a funcionar. Por um lado, temos agentes suficientemente frágeis para não resistirem às flutuações de procura. Por outro, conseguimos utilizar um espaço ao ar livre e estabelecer maior contacto com o bairro, graças à colaboração da Junta, que tem sido incrível.  O convite ao cozinheiro e a visita ao Vale das Dúvidas têm como objectivo documentar a produção e dar a conhecer a origem dos alimentos e não tanto transformar o mercado em evento ou festival gastronómico. Queremos garantir que mantemos a coerência com o momento sanitário e apesar de tudo continuar a fazer um trabalho útil e relevante para todos”.

Mercado de Produtores na Praça de São Paulo. Sábados, 31 de Outubro e 19 de Dezembro, das 10h às 16h.

Nasceu em 1969 em Rio Maior e vive em Lisboa há mais de 30 anos. Ex-publicitário, é actualmente jornalista de gastronomia. Além do Mesa Marcada e de “activista” no Instagram, colabora com o jornal Público, Revista de Vinhos e escreve em publicações como a Eater.Com (onde publicou “The 38 Essential Lisbon Restaurants”) e Cook.Inc (Itália). Tem publicado o livro“Lisboa à Mesa - Guia onde Comer. Onde Comprar”, com edições em português, inglês e espanhol (na Planeta) e foi argumentista/roteirista do programa de TV “Gosto de Portugal”, da Fox  24 Kitchen.

0 comments on “Comida Independente lança mercado de produtores (com programação) na Praça de São Paulo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: