Notas Restaurantes

Sair da caixa e interagir para conquistar a clientela

Em tempos de confinamento, alguns restaurantes que aderiram ao take-away têm mostrado uma grande dinâmica ao procurar captar a atenção dos clientes com dinamismo e propostas distintas. Estes são dois dos exemplos mais recentes.

Em Lisboa, no Chiado, os restaurantes The Art Gate e Ofício (o primeiro esteve nomeado para o Prémio Especial Graham’s Restaurante Novo do Ano na última edição dos prémios do Mesa Marcada) juntaram-se para criar as “Quarentine Sessions”, um menu semanal definido a partir de uma série de perguntas colocadas aos seguidores das contas de instagram de ambos os restaurantes. Tudo se passa às segundas-feiras e as perguntas podem estar relacionadas com ingredientes ou métodos de confecção, cujas respostas dos seguidores irão orientar os pratos de cada espaço. Para o chef de ambos os restaurantes Hugo Candeias, este conceito coloca-os “numa prova contínua, semanal, diária, da mesma forma que tem estimulado a capacidade criativa da equipa, bem como a sua capacidade de adaptação”. Se a ideia principal passa por uma obtenção de resultados no imediato, existe um outro lado de valor acrescentado para a equipa, que será útil quando voltarem a abrir ao público. “Sem dúvida que nos tem ajudado a criar novos caminhos e métodos que facilitarão mais tarde os processos criativos e de confecção”

Ainda que reconheça que o take-away não é um meio “economicamente viável a longo prazo para este tipo de conceitos”, Hugo Candeias refere que as sessões têm superado as expectativas a nível de encomendas. “Houve uma óptima adesão por parte do consumidor, o que nos motivou a dar continuidade ao conceito, pois inicialmente estava pensado para decorrer durante um curto período de tempo”.

Candeias não acredita na reabertura da restauração antes da Páscoa e por isso prevê continuar com esta dinâmica “pelo menos, até ao final do mês de Março”. Depois farão uma avaliação e tomarão decisões se continuam e fazem evoluir o modelo, porém, a terminar a conversa, deixa o desabafo: “na verdade, do que mais temos saudades é da normalidade das nossas cozinhas, dos nossos espaços, e dos nossos clientes neles”.

Em Santos, João Ricardo Alves e Alejandro Chávarro no Arkhe (Vencedor do Prémio Estrella Damm Destaque do Ano 2021 do Mesa Marcada), lançaram o “Anfitriarkhe”, um programa que resulta numa sessão descontraída, de comida, música e vinhos com os autores nos bastidores da cozinha a falar sobre o que fazem ali enquanto confecçionam os pratos em directo com os clientes, a partir de uma caixa de ingredientes enviada pelo restaurante.

“Com estas sessões queremos abrir a nossa casa ao público e voltar a nos conectarmos com as pessoas. Ao darmos uma visão de dentro da nossa cozinha conseguimos propor uma experiência e dar uma perspectiva diferente ao nosso trabalho, à nossa reflexão”, explica Alejandro Chávarro, que menciona ainda o lado lúdico da proposta. “Com simplicidade e diversão conseguimos partilhar com os clientes as diferentes receitas. Eles aprendem o nosso trabalho num contexto sem stress, divertido e dinâmico”.

A primeira sessão foi no passado dia 2 de Março e correu muito bem, deu para testar o modelo. “Os 10 casais assistiram connosco e conseguiram fazer as coisas e interagir colocando as suas dúvidas”. João e Alejandro pretendem continuar com as sessões “todas as terças-feiras, durante o confinamento” e mesmo após a reabertura dos restaurantes “neste formato” ou pode ser mesmo que consigam “fazer isto em modo presencial, em alguma altura”. Já quanto à data da reabertura ao público, mostram-se receosos. “Acreditamos na reabertura em Abril. Porém, com isto de uma quarta vaga, tudo pode ter a ser revisto”.

1 comment on “Sair da caixa e interagir para conquistar a clientela

  1. Maria Angélica Alves

    Mesa criativamente marcada e com valente perseverança partilhada. É preciso reinventar-se, sempre, sabemos bem que sim. Meus cumprimentos ao The Art Gate e Ofício e ao Arkhe, com o seu Anfitriarkhe. Um artigo encantador, Miguel. A partilhar.

    Gostar

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: